DO OBJETIVO

O VIA VIVAI Seminário Socioambiental em Infraestrutura de Transportes, cujo tema 2017 é Parcerias de Investimento em Transportes Terrestres, promoverá o debate acerca do tratamento das questões socioambientais no âmbito das concessões rodoviárias e ferroviárias. O evento contará com a participação de representantes do governo, do mercado, dos órgãos de controle, da academia e de outras instituições que possuem interesse no tema.

Nesse fórum serão enfrentadas matérias intrincadas de cunho estratégico, tais como a necessidade de evolução legislativa, jurisprudencial e dos modelos de negócio, bem como aspectos técnicos controvertidos, com destaque para o dimensionamento de custos, a alocação de riscos e obtenção de receitas acessórias por meio da exploração das faixas de domínio.

DA REALIZAÇÃO

O VIA VIVA é uma iniciativa do Departamento de Gestão Ambiental e Desapropriação – DGAD da Secretaria Nacional de Transportes Terrestre e Aquaviário – SNTTA/MTPA. O evento ocorrerá nos dias 12 e 13 de dezembro de 2017, no auditório e salão nobre do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, situado na Esplanada dos Ministérios, Bloco R, 1º Subsolo.

DA DIVULGAÇÃO

O VIA VIVA será amplamente divulgado, tanto pelos meios oficiais de comunicação, quanto pelas das mídias institucionais de cada parceiro e pela a mídia especializada.

DAS INSCRIÇÕES

As inscrições do VIA VIVA serão gratuitas e poderão ser realizadas até o dia 10 de dezembro de 2017, por meio do hotsite do evento, cujo endereço eletrônico é www.viaviva2017.com.br. Após 10 de dezembro de 2017 as inscrições poderão ser realizadas pessoalmente, no local do evento, sujeitas a lotação. As inscrições dos palestrantes serão realizadas pela organização do evento.

 DAS ATIVIDADES

O VIA VIVA será composto por 3 (três) tipos de atividades, cada qual com sua dinâmica de trabalho:

 

Atividades

Qtde

Duração

Dinâmica

Cases

4

Cada case terá a duração de 20 minutos

§ Cada case será abordado por até 2 palestrantes;

§ Cada case terá a duração de até 10 minutos;

Palestras

6

Cada palestra terá duração de até 40 minutos

§ Cada palestra contará com até 3 palestrantes;

§ Cada palestra terá a duração de até 20 minutos

Painéis

6

Os painéis terão a duração entre 60 e

80 minutos

§ Cada painel contará com até 5 debatedores;

§ Cada debatedor terá até 5 minutos para suas considerações iniciais;

§ Após as considerações iniciais, o moderador conduzirá o debate;

§ A platéia participará do debate mediante perguntas escritas direcionadas;

 

Será disponibilizado modelo padrão de apresentação (ppt) a ser adotado pelos palestrantes. Considerando que o formato do evento privilegiará o debate e a exposição de pontos de vistas distintos, recomenda-se que as apresentações sejam sucintas e objetivas. Os slides serão posteriormente disponibilizados ao público por meio do hotsite do evento.

DOS CERTIFICADOS

Os certificados dos palestrantes e participantes do VIA VIVA será eletrônico, disponibilizado por meio do hotsite do evento ou encaminhado diretamente aos emails cadastrados por ocasião da inscrição.

DA PUBLICAÇÃO DE ARTIGOS

O VIA VIVA possibilitará aos palestrantes e participantes a publicação de artigos técnico-científicos, mediante termo de opção específico a ser preenchido no momento de inscrição no evento. Regras e normas relativas à elaboração, ao envio, apreciação, seleção, direitos de publicação e distribuição constarão do hotsite do evento. 

DO ENCERRAMENTO

No encerramento do evento será formalizado o ato de constituição do Comitê Socioambiental Permanente do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, que terá por objetivo identificar, coordenar e supervisionar as iniciativas, ações e projetos de implementação das Diretrizes Socioambientais da Pasta.

Também será assinado o Relatório VIA VIVA, documento que materializará e consolidará as principais conclusões, diretrizes e encaminhamentos obtidos a partir das discussões de cada tema. O Relatório VIA VIVA, elaborado por Grupo de Trabalho específico sob coordenação da organização do evento, será formalmente encaminhado às autoridades e instituições que atuam no setor e subsidiará futuras as ações do Comitê Socioambiental Permanente do Ministério.